Correio dos Campos

Prefeitura recebe representantes da JBS Seara de Carambeí para apresentar panorama sobre coronavírus

A reunião foi solicitada pela empresa para que o município repassasse as necessidades de materiais neste momento de pandemia. A intenção é realizar doação de insumos utilizados na Saúde e cestas básicas repassadas para as famílias em vulnerabilidade social
14 de Maio de 2020 às 18:48

IMPRENSA/Ponta Grossa – Na manhã desta quinta-feira (14) o prefeito Marcelo Rangel recebeu em seu gabinete representantes da JBS Seara de Carambeí. O encontro foi para informar que a empresa tem uma verba que pode ser destinada, em forma de doação de insumos, ao município. Na reunião, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) apresentou o cenário que a cidade se encontra no que diz respeito ao coronavírus e repassou a necessidade de apoio em algumas compras de materiais para serem utilizados pelos profissionais que estão na linha de frente no combate à doença.

“Neste momento estamos recebendo doações de muitos setores e até mesmo de pessoa física. Ter esta parceria é a garantia de conseguir manter nossos equipamentos todos em dia. Nossas equipes, que estão na linha de frente de combate ao coronavírus, utilizam os equipamentos diariamente, muitos deles são descartáveis, não podendo ser reutilizados. Poder contar com as grandes empresas é essencial para garantir a melhor condição de trabalho e encerrarmos o quanto antes esta pandemia, sem maiores prejuízos a população e aos servidores”, diz o prefeito.

Os representantes explanaram como o montante poderá ser usado e como a Prefeitura de Ponta Grossa poderia ser contemplada. “A JBS tem um total de R$ 700 milhões que serão destinados para auxiliar as cidades neste momento de pandemia. Destes, cerca de R$ 400 milhões serão utilizados aqui no Brasil, nas áreas de saúde pública, tecnologia e pesquisa e doação para Ongs. Nossa unidade está próxima de Ponta Grossa e 60% dos nossos funcionários residem aqui, por isso analisamos e incluímos o auxílio para cá. Será uma maneira de contribuir com o poder público e consequentemente ajudar a população”, destaca o gerente da planta da Unidade de Carambeí, Eraldo Vieira Lopes.

Segundo as informações repassadas pela equipe da JBS, o recurso estará disponível em até 10 dias, por isso a necessidade de verificar o que o município mais precisa no momento. “Nós fomos na Prefeitura de Carambeí e agora viemos aqui. A empresa tem unidades em 162 cidades do Brasil, e todas estão realizando o mesmo trabalho. As doações serão feitas para dois meses, neste primeiro momento, dependendo da necessidade de cada município que será contemplado”, explica a coordenadora de Recursos Humanos da planta da Unidade de Carambeí, Sandra Debiasi.

Ainda na tarde de hoje a FMS e a Fundação Municipal de Assistência Social (Faspg) encaminharam um projeto contendo todos os insumos necessários e que poderiam ser doados pela empresa. “Compilamos tudo que mais utilizamos dentro da Fundação e o que podemos ter dificuldade de adquirir no futuro, são materiais como máscara, avental, touca, gorro cirúrgico, equipamento de proteção individual de modo geral e ainda as cestas básicas que são repassadas as famílias em vulnerabilidade social através da Assistência Social”, completa o secretário adjunto de saúde, Dr. Rodrigo Manjabosco. O projeto será analisado pela equipe técnica da empresa, e, se aprovado, posteriormente será realizada as doações.

Além das autoridades já citadas, estiveram presentes o Secretário de Governo, Fabrizio Busato, o Procurador Geral, João Paulo Deschk e o chefe de Gabinete, Alessandro Lozza.