Correio dos Campos

Fundo Social do Sicredi beneficia projetos desenvolvidos nos Campos Gerais

Iniciativa aprovada pelos associados no processo assemblear 2020 destina 2% do resultado da Sicredi Campos Gerais PR/SP a programas que favorecem comunidades
14 de Maio de 2020 às 10:06
(Divulgação/Sicredi)

COM ASSESSORIAS – Consolidando a atuação como agente transformador e de desenvolvimento nas comunidades, a Sicredi Campos Gerais PR/SP implementou o Fundo Social da cooperativa. A iniciativa foi aprovada no processo assemblear 2020 e destina 2% do resultado à entidades selecionadas que trabalham para a promoção do desenvolvimento social. “Com o apoio dos nossos associados, estamos atuando com mais essa ação que demonstra o impacto positivo que o cooperativismo gera nas comunidades onde atua”, destaca o presidente da Sicredi Campos Gerais PR/SP, Popke Ferdinand Van Der Vinne.

O Fundo Social vai beneficiar, ao menos, um projeto por agência da Sicredi Campos Gerais PR/SP e cada iniciativa pode receber o valor máximo de 12 salários mínimos. Para integrar a iniciativa, o projeto passa pela aprovação dos coordenadores de núcleo da cooperativa e também é avaliado pela diretoria e conselho de administração. “Fazemos todos os processos com muito cuidado para que a verba seja destinada da melhor maneira possível”, afirma o diretor executivo da cooperativa, Márcio Zwierewicz.

Projetos beneficiados

Entre os programas beneficiados está o “Amigos do Bem”. Indicado pela agência Carambeí e desenvolvido pela cooperativa Frísia, a iniciativa tem como objetivo arrecadar recursos para a compra de cestas básicas e produtos de higiene pessoal. Por conta da pandemia do novo coronavírus, o projeto também está realizando a distribuição de máscaras confeccionadas voluntariamente por mulheres cooperativistas. As doações serão entregues para famílias cadastradas no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do município de Carambeí.

O projeto “Cuidar, envolver e amar” também já recebeu recursos do Fundo Social, por meio da indicação da agência Castrolanda. A ação é desenvolvida pela associação dos colaboradores da cooperativa agroindustrial e arrecada recursos para compra de cestas básicas e produtos de higiene pessoal. As doações atendem famílias cadastradas nos CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) dos municípios de Castro, Ponta Grossa, Piraí do Sul, Ventania, Itaberá, Itararé e Itapetininga. “Mesmo sendo um programa recente da cooperativa, o Fundo Social já destinou mais de R$ 22 mil para as duas entidades, recursos que trazem benefícios diretos para quem recebe e para quem doa”, finaliza Zwierewicz.