Correio dos Campos

Diretor executivo da Sicredi Campos Gerais fala sobre ações da cooperativa para 2020

13 de Maio de 2020 às 10:25
Marcio Zwierewicz, diretor executivo da Sicredi Campos Gerais PR/SP (foto:; divulgação/assessoria)

DAS ASSESSORIAS/SICREDI – O diretor executivo da Sicredi Campos Gerais PR/SP, Marcio Zwierewicz, fala dos planos da cooperativa para 2020 e como a Sicredi tem desenvolvido ações em relação a pandemia de coronavírus no Brasil.

1. Expansão 2020 – como ficam as aberturas de novas agências no ano de 2020? E as ampliações/reformas das agências?
Em 2020, já entregamos a ampliação de Carambeí que está operando normalmente em espaço revitalizado. Temos para Outubro/20 a inauguração da nova sede em Palmeira, que contará com mais de 800 m² espaço para atender os nossos associados com mais comodidade e conveniência. Ainda temos, a já divulgada nova agência de Ponta Grossa com inauguração prevista para inicio de 2021, no Jardim Carvalho, na avenida Monteiro Lobato, fruto do pleito da comunidade. E na última semana, assinamos o contrato com uma nova agência em Curitiba, no bairro Bacacheri, que tem inauguração prevista para janeiro/2021. O Sicredi cresce ou amplia sustentavelmente de acordo com o crescimento da base de sócios.

2. Como fica o atendimento do Sicredi nas próximas semanas?
A Sicredi Campos Gerais, a qual podemos responder, seguirá com atendimento sob agendamento para associados e também para quem deseja se associar ou abrir uma poupança no Sicredi. Essa estratégia foi bem avaliada pelos nossos sócios e já temos inclusive o pleito de que o formato se mantenha após a pandemia. Para agendar, basta você entrar em contato com nossos telefones das agências ou celulares com os gerentes. Todas as nossas fachadas estão sinalizadas com os nossos telefones, mas para você não sair de casa, pode acessar www.sicredi.com.br/site/localizar-agencia e buscar os telefones no site.

3. De que forma o Sicredi irá apoiar nossas comunidades frente à Covid 19?
O ciclo assemblear de 2020, relativo aos resultados de 2019, trouxe a novidade do Fundo Social, onde 2% do nosso resultado será destinado aos projetos sociais de associados. Diante da pandemia, nossos conselheiros recomendaram destinarmos todo o recurso aos efeitos do Coronavirus. Cada projeto irá receber até 12 salários mínimos, sendo apoiado 1 projeto por agência. Já temos dois projetos em andamento, um em Castro e outro em Carambeí, ambos com foco em minimizar a fome gerada pela crise.
Os projetos são avaliados em primeiro nível pelo crivo da agência conjuntamente com seus coordenadores de núcleo e em 2º nível pela diretoria e conselho de administração. Para enviar seu projeto, entre em contato com seu gerente.

4. Como está funcionando a parceria com o Operário em Ponta Grossa?
Todos os estudos apontam o esporte como um dos mais impactados pela crise. Diante desse cenário, lançamos uma campanha promocional que visa reduzir a inadimplência (por consequência, também o endividamento) e aumentar número de sócios tanto para nós como para o Operário. Com essa ação, quando o sócio torcedor coloca sua mensalidade em débito automático, o Sicredi destina R$10 para o sócio e R$10 para o clube. Para manter o benefício até dez/20, basta colocar mais um débito em conta. Para saber mais sobre essa iniciativa, basta acessar sicredi.com.br/camposgerais, na aba promoções.
Tem oportunidade pra que seja feita em outros clubes? Quanto ao desdobramento da iniciativa para outras instituições/clubes de futebol, entendo como totalmente viável. Essa negociação é sustentável, pois deriva recursos que são gerados pelo próprio associado quando centraliza as operações dele conosco.

5. A promoção da poupança continua?
Continua sim, como os sorteios, bem como a distribuição de números da sorte são eletrônicos, não houve impacto. Neste ano, vamos distribuir R$ 2,5 milhões em prêmios, o maior valor em cinco edições da campanha. A participação é muito simples: a cada R$ 100 de incremento líquido na poupança do associado, um número da sorte será distribuído – se as aplicações forem na modalidade programada (quando há o débito programado mensal para conta poupança do associado), as chances de ganhar são em dobro.
Durante a ação, que segue até dezembro, serão realizados sorteios semanais de R$ 5 mil, um sorteio especial de R$ 500 mil, em comemoração ao mês da poupança, em outubro, além do grande prêmio final R$ 1 milhão, entregue em dezembro de 2020.
Já tivemos dois sorteados inclusive, um em Palmeira e outro em Colombo.